Eleições no Bradesco – anúncio do novo presidente executivo que substituirá Trabuco será em março

Mudanças estão por vir no Bradesco com a renúncia de Lázaro Brandão da presidência do conselho administrativo. Luiz Carlos Trabuco Cappi também deixará o cargo de presidente executivo para dar lugar a outro executivo do banco que ainda não foi escolhido.

A previsão é que a nomeação seja feita em março de 2018, quando acontece a assembleia para eleição do Conselho de Administração e até lá Trabuco assumirá os dois cargos. Com a escolha do novo presidente, o executivo ficará somente com a função deixada por Bandão, uma vez que a instituição não permite que um profissional ocupe duas funções permanentemente.

Luiz Carlos Trabuco Cappi disse em entrevista que “a instituição tem condições de escolher dentro do atual quadro de executivos quem será o novo presidente.” Ele ressaltou que o calendário de sucessão termina o ciclo em março e que o anúncio do seu sucessor pode acontecer antes desse prazo se assim for acertado.

De acordo com o banqueiro, a organização apresenta grande complexidade e essas características podem refletir na escolha. Ele aproveitou a oportunidade para classificar a sucessão como um “processo”, assegurando que o profissional que o ocupará a posição ainda não foi escolhido.

“Uma organização tem de ter um processo de continuidade. Um novo presidente tem de ter qualificações que sejam de liderança, luz própria, visão do futuro, mas sem desprezar o que a organização faz no dia a dia”, finalizou o presidente.

Sobre Luiz Carlos Trabuco Cappi

Nascido em Marília, Luiz Carlos Trabuco Cappi, 66 anos, formou-se na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras na UNESP. Ingressou no banco em 1969 e passou por diferentes cargos até chegar à presidência em 2009. O maior de seus feitos foi a compra do banco HSBC (filial brasileira) em 2015, na maior transação brasileira do ano.

A aquisição custou US$ 5,2 bilhões e gerou o crescimento necessário para dar fôlego ao Bradesco na disputa entre os principais bancos privados do país, em que atualmente está na segunda posição. Luiz Carlos Trabuco Cappi bate na tecla da inovação e no uso das tecnologias nos serviços prestados aos clientes.

A renúncia de Lázaro Brandão

Visão semelhante tem Lázaro Brandão que agora ocupará uma cadeira no conselho das companhias administradas pelo banco. O motivo da renúncia é a mudanças no quadro das lideranças na instituição. Segundo ele: “a necessidade de ter um conselho ativo me trouxe a consciência de que a sucessão e novas disposições para o trabalho que preservamos eram prudentes, afirmou.

Ainda sobre sua saída Brandão ressaltou: “Foi uma iniciativa minha”, diz. “O conselho tem um trabalho muito consciente e preenche para o banco as necessidades e avanços impostos.

Brandão começou sua trajetória em 1942 na Casa Bancária Almeida & Cia., instituição financeira que veio a se tornar o Banco Brasileiro de Descontos S.A. – Bradesco. O executivo passou por todos os escalões da organização até chegar a presidência executiva em 1981, cargo que ficou até meados de 1989. No ano seguinte assumiu a presidência do conselho de administração.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *