Manaíra Shopping, de Roberto Santiago, mantém crescimento mesmo em tempos de crise

O shopping centers brasileiros alcançaram crescimento de 6,5% no ano de 2015. De acordo com informações retiradas do censo encomendado pela Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce), o segmento faturou aproximadamente R$ 150 bilhões naquele ano.

No estado da Paraíba o panorama não diverge daquele verificado a nível nacional. Mesmo diante o cenário de crise que aflige toda a economia brasileira, os shopping centers da região têm muitos motivos para comemorar. Um bom exemplo é o Manaíra Shopping, que pertence ao empresário Roberto Santiago, e que não para de crescer.

A pesquisa realizada de forma conjunta pela Abrasce e pelo Grupo de Estudos Urbanos (GEU), além de trazer boas notícias para o segmento, também conferem ao setor maior potencial de investimento. Esse contexto possibilita melhores condições para expansão e inovação, o que reflete diretamente na qualidade do serviço oferecido ao público.

O levantamento ainda revelou que o Brasil possui 538 centros de compra em funcionamento e cerca de 30 em fase final de construção – números que ressaltam o vigor do segmento. Outros dados apresentados pelo censo atestam o bom momento do setor: mesmo vivenciando um período de crise econômica, os shopping centers empregam mais 1 milhão de trabalhadores em todo pais; somente no ano de 2015, aproximadamente 54 mil postos de trabalho foram preenchidos em shoppings.

A força do nordeste

A região Nordeste é responsável, em números totais, pela segunda maior realização de vendas em shoppings, somente atrás da região sudeste. A Paraíba, com o impulso do empreendimento realizado por Roberto Santiago (Manaíra), celebra o avanço do setor e busca se reinventar constantemente, desenvolvendo as áreas comerciais e de lazer e diversão, o que gera impactos positivos nas vendas como um todo.

Segundo a gerente de marketing do Manaíra Shopping, Rafaela Barros, os centros de compra, para permanecerem sempre em foco, precisam se reinventar constantemente. O empreendimento de Roberto Santiago, dentre os cincos principais centros de compra do Paraíba, é o que possui a maior área disponível para locação de uso comercial (75 mil metros quadrados).

A gerente ainda salienta que o Manaíra, além de centro comercial, também se apresenta como espaço multiuso, oferecendo a seus clientes: academia de ginástica, faculdade e casa de shows – idealizados por conta do tino comercial de Roberto Santiago.

Números atestam o otimismo dos empresários

Os resultados positivos também contribuem para tranquilidade dos gestores nos shopping centers paraibanos. Segundo estudo divulgado recentemente e que analisou a confiança dos empresários em shopping centers, aproximadamente 40% dos empreendedores esperam que o segmente registre expansão de 5% no ano seguinte, mesmo que a crise ainda não tenha chegado ao fim. No mesmo levantamento, cerca de 60% dos empresários crê que os efeitos da crise não impactarão seus negócios.

Outra informação relevante apurada na pesquisa faz referência à intenção de consumo as famílias, que pelo terceiro ano consecutivo apresentou aumento em relação ao valor gasto em shoppings. O Manaíra, de Roberto Santiago, no ano de 2015, recebeu um movimento de aproximadamente 2 milhões de pessoas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *